• Chris Rosa

Os carros inteligentes e elétricos


Você já pensou em ter um carro elétrico e inteligente? Então, vá se preparando, pois essa é a nova tendência. Mas são muitos os desafios. A primeira delas é a tecnologia, que vai precisar de uma rede nova. Trata-se da implantação da rede 5G, que é essencial para permitir o avanço dos carros elétricos e inteligentes. Isso porque a rede vai permitir uma velocidade ultrarápida de conexão além de baixíssima latência. O diretor da Qualcomm, Francisco Soares, afirmou que o conceito de 5G será fundamental para a introdução da Internet das Coisas. “Não é só aumento de capacidade, é um novo conceito de rede”. Ele ressaltou também a importância das faixas de frequência, ainda não licenciadas, para utilização em áreas como a saúde. Além disso, a rede 5G ainda precisa definir qual será a frequência a ser ocupada. A expectativa é que em 2020 já esteja funcionando.

A frota de carros elétricos, que atualmente é de pouco mais de 1 milhão no mundo, pode atingir 40 milhões até 2040. Com isso, a demanda energética mundial tenderá a aumentar. Já está em andamento no governo uma nova regulação para estabelecer regras para carregar os carros. Segundo a Bloomberg New Energy Finance, o preço dos veículos elétricos não vai sobrepor o dos movidos a combustíveis fósseis. A crescente popularidade dos veículos plug-in foi impulsionada pela queda dos preços das baterias de íon de lítio e, de acordo com o presidente da Enel Brasil, é uma notícia otimista para as provedoras de eletricidade, após a queda dos preços em meio à oferta abundante de energia renovável.