• Viagem Sem Escalas

Em Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel

Atualizado: Out 9


Na capital Ponta Delgada, o centro da cidade é repleto de monumentos históricos com a típica calçada portuguesa. O ideal é andar pelas ruelas, começando pelo monumento Portas da Cidade (na foto em cima), construído no século XVIII, e contemplar a igreja Matriz de São Sebastião e Ermida da Mãe de Deus/São Pedro, que unem referências góticas, manuelinas e barrocas. Bancos, lojas, mercados e hotéis mantiveram o mesmo padrão arquitetônico, mantendo, assim, as características originais da região e dando um visual especial a cidade.

A Ermida da Mãe de Deus (abaixo)

Separe um tempo para contemplar o Forte de São Brás (acima), construído pelos portugueses há mais de 500 anos para proteger o arquipélago de invasores. O local, com entrada gratuita, guarda um museu para os amantes da guerra, com modelos de tanques e carros usados em combates portugueses nas antigas colônias africanas, como Angola, Moçambique e Guiné. Há pontos de observação equipados com canhões para o oceano.

A orla guarda uma deliciosa caminhada, com vários quiosques e restaurantes, servindo de ótima opção para relaxar. Separe um tempo também para observar os grafites ao longo do calçadão que divide espaço com o mar. É arte pura no meio do Oceano Atlântico.

No centro de Ponta Delgado está o Portas do Mar, um espaço amplo que conta com um belo restaurante-escola, dono de uma gastronomia , também na orla, estão as dezenas de empresas que oferecem passeios em alto-mar. Um dos mais procurados da região é a observações de baleias e golfinhos

O guia da empresa Picos de Aventura, José Alves, diz que a região dos Açores conta com mais de 25 espécies de baleias, como a Baleia Azul, uma das maiores do mundo. Os passeios custam a partir de 25 euros e dura cerca de duas horas. É possível avistar mais de dez cetáceos, em média. "Temos especialistas com pontos de observação em terra. Por rádio, eles nos avisam onde estão as baleias. A partir disso, vamos até elas, mantendo uma distância mínima. Mas nesse meio tempo os golfinhos aparecem a dezenas", explicou o guia.


Vem ver nosso roteiro pela Ilha de São Miguel, com suas espetaculares lagoas. Clique aqui