Oito dicas em Huilo Huilo, no Chile

 

Você já ouviu falar da Reserva Biológica Huilo Huilo, do Chile? Distribuída em uma área de mais de 100 mil hectares, a Reserva abrange diversos ecossistemas, com uma riqueza de espécies nativas animais e vegetais: no local existem cerca de 95 espécies de aves, 12 tipos de mamíferos e 328 espécies de flores. Além, é claro, da variedade de esportes de aventura e das belas paisagens que os famosos cenáriosreservam para os visitantes.
 

É por isso que o Viagem Sem Escalas separou oito dicas de aventura para fazer nesse lugar mágico. Huilo Huilo conta com diversos tipos de alojamentos, desde campings e chalés, até hotéis de luxo. Porém, o grande destaque fica por conta de três hotéis com design diferenciado e formato surrealista: o Montaña Mágica, que imita o formato de um vulcão, o Nothofagus, que foi construído em volta de uma árvore, e o Reino Fungi, que se assemelha à forma de um cogumelo.  Para os amantes de uma boa cerveja, dentro da Reserva funciona a Cervejaria Petermann, onde é possível conhecer o processo cervejeiro e provar os quatro sabores produzidos no local. Arrume as malas e corra para o lugar mais mágico do mundo!
 

Como chegar?
Para chegar até Huilo Huilo, o acesso mais fácil é pelo aeroporto de Temuco, que possui uma média de 5 voos diários partindo de Santiago. A partir daí, o trajeto até a reserva pode ser feito por transfer em um percurso que dura cerca de 3 horas (190 Km). Outra opção, para quem já está na Argentina, é pegar um transporte saindo de San Martin de Los Andes (próximo a Bariloche), cidade que fica a 86 Km de distância, onde a reserva também mantém um hotel. No caminho da Argentina até a reserva é preciso fazer a travessia pelo Lago Pirihueico, que dura aproximadamente uma hora e meia, o que torna a viagem ainda mais bel


 

 Trekking ao vulcão Mocho-Choshuenco (acima)
Dentro de Huilo Huilo, está o vulcão Mocho-Choshuenco. Em qualquer período em que a Reserva for visitada será possível ver neve neste local, onde são realizados trekkings aos pés e no topo do vulcão. Com surpreendentes formações, as paisagens incríveis convidam à contemplação e a passeios inesquecíveis em Huilo Huilo. A duração é de 6 horas e a dificuldade desse trekking é considerada média.

Salto Huilo Huilo e Salto El Puma
No trekking para o Salto Huilo Huilo é possível visitar diferentes mirantes, que oferecem vistas espetaculares para cachoeiras e observação da rica flora existente dentro da Reserva. A trilha acompanha o curso do Rio Fuy e passa pelo Salto Huilo Huilo, uma formosa cachoeira com 40 metros de altura. Mais à frente, chega-se ao Salto El Puma, com aproximadamente 30 metros de altura, que oferece uma maravilhosa vista do rio e exuberante vegetação. A duração é de 90 minutos e baixa dificuldade.

 Huilo Huilo Noturno
Depois que a noite cai, os hóspedes podem deixar o conforto dos hotéis da Reserva e se reunir na frente da mata para uma aventura diferente: desbravar a trilha para a cachoeira Huilo Huilo no escuro. Os guias locais passam as instruções, como andar sempre em fila, observar os buracos no chão e caminhar com cuidado, pois a descida até a cachoeira é íngreme. A escuridão é total e, para enfrentá-la, cada viajante recebe uma tocha de parafina e uma capa de chuva impermeável. Quando se chega à cachoeira, ela aparece no horizonte, iluminada por um refletor e molhando tudo o que está a sua volta. A duração é de 90 minutos e a dificuldade é considerada baixa.

Salto La Leona
Trilha para mais uma bela cachoeira de Huilo Huilo, com as águas cristalinas do Rio Fuy. Pelo caminho é possível apreciar a grande diversidade de flora e fauna da floresta temperada. A trilha até essa cachoeira tem duração de 90 minutos e a dificuldade é baixa. 

 

Sendero de Los Espitirus
Uma das mais místicas da Reserva, essa trilha leva a lugares que foram refúgio de povos antigos que habitavam a região e que se deslocavam constantemente pela Cordilheira dos Andes, entre Chile e Argentina. O caminho é feito sobre passarelas de madeira (que evitam que se danifique o bosque que há nesse lugar) e oferece diversos mirantes para o lindo rio Fuy. A trilha até essa cachoeira tem duração de 90 minutos e a dificuldade é baixa.

Trilha Truful
Essa trilha percorre parte da ribeira do Rio Truful, que nasce dos degelos do glaciar do vulcão Mocho Choshuenco. No passeio, que passa por uma caverna e por estruturas de origem vulcânica, é possível ver uma grande quantidade de espécies arbóreas típicas do bosque nativo e atrações como a cachoeira Truful, que se pode apreciar do mirante. Essa trilha tem duração de 2 horas e dificuldade média.

 Sendero Botânico
Aqui se descobre e se aprende sobre quase todas as espécies de flora que estão na área, incluindo uma grande variedade de espécies de samambaias, musgos e fungos. Essa trilha permite a identificação de espécies muito antigas, que conseguiram sobreviver ao tempo. A duração desse passeio é de 3 horas e a dificuldade é considerada de baixa para média.

Los Planchados – Laguna de los Patos
Essa trilha começa no setor Los Planchados, lugar que foi a margem de um antigo lago que existiu no Pampa Pilmaiquén. Consiste em uma escalada até a parte mais alta, que leva o turista a conhecer as altitudes do Pampa. Conta com um ecossistema único por sua extensão e altitude, onde é possível apreciar uma grande vista da Reserva Huilo Huilo, o vulcão Mocho e o lago Pirihueico. O passeio é finalizado com a chegada ao pântano, onde vivem várias espécies de aves, no lugar chamado Lagoa dos Patos. Duração de 3 horas e dificuldade considerada baixa.
 

Please reload

Dez dicas para conhecer o Rio de Janeiro

March 16, 2020

1/10
Please reload

O Nordeste do Brasil encanta. O Viagem Sem Escalas acaba de chegar em Cumbuco, cidade pertinho de Fortaleza, capital da ensolarada Ceará. Que terra linda! Para começar nossa trip, separamos algumas dicas para esquentar a nossa aventura.

1. Praia do Cumbuco

Nossa primeira...

>

Please reload

Pelo mundo a fora
Please reload