• Bruno Rodrigues e Cristiane rosa

Feriado off road em Tiradentes

Adivinha onde o Viagem Sem Escalas decidiu aportar neste feriadão? De olho em uma dos locais mais procurados do Brasil, chegamos em Tiradentes. Além da história do local, descobrimos que a cidade está cheia de opções ecológicas. Por isso, selecionamos uma lista dos passeios mais bacanas da região. Mas, prepara-se: ação é o ingrediente principal. Veja os passeios Uma boa pedida para quem gosta de adrenalina e está disposto a andar de jeep, quadriciclo ou carros 4x4, apreciando a fauna e flora da região, é o passeio feito pela Rota Real, em que o turista escolhe a rota que deseja conhecer. A mais visitada é a Rota 1, que vai à Serra de São José pela Reserva do Parque Passos dos Fundadores, a maior reserva de libélulas do Brasil. São, aproximadamente, 35 km de percurso, passando por Mata Atlântica, campo rupestre, cerrado, nascentes e mirantes. Para fazer o passeio, é necessário ter habilitação B. Outra dica é a modalidade esportiva que usa botes infláveis, o floating. O passeio começa em uma fazenda a 8 km de Tiradentes, que possui acesso ao Rio Elvas, e, durante o percurso, o turista se deslumbra com a riqueza natural do local. Já pensou em subir a Serra de São José em um veículo pau de arara? O percurso pode durar de 2h30 até 6h, dependendo do roteiro e com parada para almoço em um restaurante que serve a tradicional comida mineira. E ainda visitar a Casa da Serra, do Instituto Estadual de Florestas (IEF), para conhecer a biodiversidade da Serra de São José. Em Tiradentes, quem gosta de caminhar, pode aproveitar as trilhas ecológicas da Serra de São José, como a Trilha do Carteiro, que tem entre os atrativos o refúgio das libélulas, a calçada dos escravos, a cruz do carteiro, as piscinas naturais, entre outros. E quem é adepto ao ecoturismo e a um refrescante banho de cachoeira, a dica é o Off Road Carrancas/Terra das Cachoeiras, localizada a um pouco mais de 90 km de Tiradentes. As lindas paisagens do local serviram de cenário para a novela Império, da TV Globo. O turista tem direito a transporte em veículo 4x4 com ar condicionado, guia e piquenique. As cavalgadas são outra opção para quem gosta do ambiente rural. Quem faz é a Fazenda do Pombal, que carrega um título importante, berço do mártir da Inconfidência Mineira, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Além disso, tem visitação nas ruínas de um engenho de cana de açúcar, que funcionou há cerca de 250 anos. Bebendo uma cachaça

Tiradentes tem cachaça, e da boa. A Cachaça Tabaroa é uma cachaça artesanal com 30 anos de mercado e uma marca já consagrada. Ela é produzida num alambique localizado em Bichinho, distrito que fica a 8 km de Tiradentes. Para fomentar o local, o proprietário Alexandre criou o Passeio Ecológico ao Alambique Tabaroa. Ele mesmo dirige a Land Rover, com capacidade para 10 pessoas. “Ao longo do caminho, contamos histórias sobre o ciclo do ouro e curiosidades do local, que se tornou uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN)”, acrescenta Alexandre. No fim do passeio, os turistas visitam o alambique e veem de perto como se produz cachaça artesanal. Também degustam dois tipos: Tabaroa Caiana e Tabaroa Amarela, envelhecida em barril de madeira. Uma curiosidade interessante é que os rótulos são produzidos lá mesmo, a partir da fibra da cana. Onde se hospedar

Uma boa opção de hospedagem é a Villa di Antonio, pousada com jeito de casa, que tem uma proposta interativa e familiar. A pousada foi inaugurada há um ano por um jovem casal carioca, que resolveu sair da cidade grande para empreender em Tiradentes. O nome da pousada é uma homenagem ao filho Antonio, de três anos.

Anote as dicas - Rota Real: (32) 98474-6068 - Agência Uai Trip: (32) 3355-1161 - Pau de Arara Tour: (32) 99948-2370 - Passeio Ecológico ao Alambique Tabaroa: (32) 98404-9405 - Villa di Antonio: (32) 3355-1777 - Luth Bistrô: (32) 99966-2819