• Bruno Rodrigues e Cristiane rosa

O novo Hotel Nacional


Na zona Sul do Rio, um novo hotel promete dar vida nova ao bairro na próxima semana. É que no dia 15 de dezembro o antigo Hotel Nacional abre as suas portas totalmente revitalizado. Reconhecido em 1998 como patrimônio da cidade do Rio de Janeiro, foi rebatizado de Gran Meliá Nacional Rio. Com o interior redesenhado, mas mantendo absolutamente todas as características de arquitetura original. Projetado por ninguém menos que o nome mais importante da arquitetura brasileira, Oscar Niemeyer, o hotel foi inaugurado em 1972 e rapidamente foi alçado ao posto de ícone carioca.

O Viagem Sem Escalas adorou o novo hotel do Rio d Janeiro. O hotel reabre com a bandeira mais luxuosa da rede espanhola Meliá, referência em sofisticação internacional. Suas instalações preservadas combinam as características da obra de Niemeyer com design sofisticado. O interior foi redesenhado para abrigar 13 modelos de quartos e suítes, distribuídos nos 33 andares do prédio. Os 413 quartos e suítes têm decoração refinada e vistas impressionantes da cidade, com opções voltadas para o mar e ou para as montanhas; dois restaurantes, três bares, um centro de eventos (previsto para começar a funcionar em 2018) e diversas instalações de lazer, bem-estar e lifestyle.

E olha que bacana: os hóspedes que prezam por luxo e exclusividade poderão experimentar serviços como o RedLevel, um hotel boutique dentro do próprio hotel, criado para os clientes que buscam uma estada ainda mais premium, que garante acesso a espaços exclusivos, permitindo aos hóspedes desfrutar de uma sensação privilegiada de privacidade e tranquilidade. O RedLevel Lounge tem uma recepção privativa, um lounge-biblioteca com TV e música, área exclusiva para o café da manhã e um bar com drinques especiais. Para finalizar, o espaço oferece as suítes Master Suite RedLevel, com 99 metros quadrados, localizadas no 25º andar.