• Viagem Sem Escalas

Os cozidos de Furnas

Atualizado: 9 de Out de 2020

A gastronomia nos Açores tem suas peculiaridades que merecem ser experimentadas. Com ingredientes locais e um modo de preparo que só existe ali, no meio do oceano, comer é sim um dos melhores passeios do arquipélago. A lista é capaz de impressionar qualquer chef: manteiga defumada, pão de lêvedo, pickles de beterraba e até orelha de porco.

Os cozidos de Furnas formam o prato mais famoso dos Açores. E agrada até os comensais que preferem uma fritura. Carne de boi, de porco, legumes e batatas são cozinhados juntos por horas em uma panela colocada em um buraco debaixo da terra, que chega a 85 graus de temperatura apenas com o vapor que vem das profundezas do planeta. A combinação cria um tempero natural e único, que nasce da mistura dos próprios alimentos. Como ficam cozinhando por horas, a carne se desfaz na boca.

Leia Mais

Veja o que fazer em Ponta Delgada, capital da ilha de São Miguel

Veja o nosso roteiro pela Ilha de São Miguel, com suas espetaculares lagoas.

-Uma panela faz 25 cozidos por dia. Vai uma camada de carne de boi, frango, orelha, barriga de porco, bacon, chorizo, batata doce, cenoura e repolho dentro da panela. Vai tudo a seco. E o vapor da destilação cria a água, que serve de caldo para os alimentos. Tudo é colocado nas panelas por volta das 4 ou 5 da manhã e fica lá cozinhando até o meio-dia a 85 graus. O caldo ajuda também no preparo do arroz. O resultado é uma sabor único e especial - explica o garçom do restaurante Terra Nostra, um dos mais famosos da região, com direito a muito verde!