• Viagem Sem Escalas

Dicas para conhecer Chaves, o tesouro de Trás-os-Montes, em Portugal

Atualizado: Out 9


Imagina conhecer uma cidade que te leva de volta ao tempo! Assim é Chaves, no Norte de Portugal e uma das maravilhas de Trás-Os-Montes. Castelos, pontes romanas e ruelas estreitas com fortes que protegem essa parte do país. Mas Chaves tem ainda outras particularidades. Primeiro, é que a cidade é a rota portuguesa para se fazer o caminho de Santiago de Compostela. Então, não estranhe se ver o símbolo azul e amarelo que te leva à cidade espanhola. Outra característica de Chaves é que a cidade faz parte da rota termal de Portugal: é na chamada Caldas que sai a água quente do subsolo rica em minerais, usada para tratamento médico. Fica no Parque Termal. Não deixe de conferir a Fonte do Povo, onde a água sai fervendo.

Da culinária, o folar e o presunto típicos dão sabor especial para a viagem.

Chaves era chamada pelos romanos de Aquae Flaviae, em homenagem a um imperador. Por isso, quem nasce em Chaves é chamado de flaviense.

Chaves fica a cerca de três a quatro horas do Porto. O modo mais indicado para chegar até aqui é alugar um carro e seguir sempre pela rodovia principal, que guarda um cenário de tirar o fôlego. Em Chaves, não há metrô nem um serviço de ônibus para os turistas. Em seu centro, é possível andar a pé, já que os carros não circulam por lá.

No centro histórico, a Vila Medieval

Comece o passeio por Chaves andando pelo seu centro histórico. O ponto de partida pode ser no Largo General Silveira, uma espécie de praça central. As belas ruas guardam um comércio ainda tradicional, como açougues, mercearias e ourivesarias. Não deixe de prestar atenção nas varandas da Rua Direita. Tudo bem típico.

Leia Mais

Quer saber onde se hospedar e entender um pouco da história de Chaves? Uma opção é conhecer o Hotel Forte de São Francisco


Com edificações antigas e cheias de charme, que tal subir, literalmente, as ruas até chegar no emblemático Castelo de Chaves protegido pela Torre de Menagem. Andar por ali é como nos filmes. A sensação é de andar em uma vila medieval. Há um enorme jardim, com canhões e fortes que protegem o castelo, que hoje funciona como um museu militar com a entrada a um euro. A beleza do jardim é singular e revela o visual encantador de Chaves.

Ainda nessa parte superior, há uma série de museus, ideais para uma visita, como o Museu da Região Flaviense e a Igreja da Misericórdia e a Igreja Matriz. Fica na chamada Praça Camões. Um encanto!

É nessa parte superior que está o belo Forte de São Francisco, que abriga o hotel mais chique da cidade e que o Viagem Sem Escalas escolheu para se hospedar.

Ponte Romana do Rio Tâmega

Um passeio é cruzar a ponte do Rio Tâmega, chamada de Trajano. E, acredite, a ponte data de I d.C. Acredita, nisso? Aproveite para descansar e contemplar o belo Jardim do Tabolado e o Jardim Público de Chaves. Compras

Chaves tem alguns bons lugares para compras. Uma dica é ir na Euroshopping, uma loja que vende um pouco de tudo. Fica na Avenida Dom João I. Se tiver tempo, vá ainda ao Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso e ao Mercado E.Lecrlerc para aquelas comprinhas básicas. É um dos melhores mercados da cidade.

Feira

Às quartas-feiras, uma dica importante (e deliciosa) é curtir a Feira de Chaves, que vende um pouco de tudo. A lista vai de roupas, animais e boas comidas típicas. Passeio divertido. A feira fica próxima ao Quartel de Chaves. Para achar, basta perguntar a alguém por lá.