• Viagem Sem Escalas

Barcelona, uma cidade cheia de arte

Atualizado: Out 9

Capital da Catalunha, Barcelona está cheia de novidades. O Viagem Sem Escalas desembarca na terra do arquiteto Antoni Guadí para uma rápida temporada de aventura, história e emoção. Vamos embarcar nessa? O que mais nos chama a atenção é a lista extensa dos mais diferentes museus. E são muitos. Por isso, Barcelona é uma das cidades mais badaladas da Europa, sem dúvida.

Vamos aos museus? Está interessado em apreciar a história e as diferenças do presunto espanhol, o jamón? Há uma visita interativa com os detalhes de como são criados os porcos e o modo de preparação da iguaria. Agora, se a opção é observar os vestígios das construções romanas do passado ou as belas obras de Joan Miró e Pablo Picasso, nem se preocupe: o turista pode se deleitar horas a fio com algumas das pinturas, gravuras e esculturas mais clássicas do mundo. Mas tem ainda o clube de futebol de Barcelona.

Na agitada rua das compras e dos bares, a La Rambla, o turista se deleita com o mosaico criado por Mijó na calçada central da via. Na orla, a L'Estel Ferit (Estrela Ferida, em catalão) feita pela artista alemã Rebecca Horn vira referência para o ponto de encontro dos jovens. Perto dali é possível avistar o Peix, escultura em formato de peixe criada pelo arquiteto americano Frank Gehry. Barcelona entrou com força no roteiro dos turistas há pelos menos 24 anos, quando a cidade sediou as Olimpíadas de 1992, reformulando todo o sistema de transportes, além de investir na revitalização de áreas degradadas como as praias e o Montjüic, uma colina no sudoeste da cidade. Entre as igrejas, há uma extensa lista de opções, embora a Sagrada Família reine absoluta, que ainda está em obras e deve ser concluída em 2026. Em um circuito de apenas um quilômetro de distância no bairro gótico, é possível conhecer a Igreja de Santa Maria do mar, a Basílica de Santa Maria del Pi e a Catedral de Barcelona, esta considerada por muitos a mais bonita de todas. Mas atenção é preciso pagar para conhecer seus interiores. Por isso, uma dica é chegar bem cedo para evitar as longas filas. Não se esqueça também de ir aos mercados populares, como o La Boqueria e o de Santa Caterina para provar as comidas típicas do país.