• Viagem Sem Escalas

Roteiro pela Lagoa de Furnas

Atualizado: Out 9


Na Ilha de São Miguel, nos Açores, a Lagoa de Furnas também tem seus encantos e mistérios com seus mais de 100 mil anos. Na região, a dica também é começar o passeio com os miradouros. O Miradouro do Pico do Ferro (na foto acima) é o mais famoso e conta com estacionamento de fácil acesso. A sugestão é chegar cedo para garantir uma boa foto. Um pouco mais longe, que tal passar no Miradouro do Salto do Cavalo (na foto abaixo), que guarda uma vista espetacular da cidade e de sua lagoa? É de tirar o fôlego. Lá é tão alto que é possível ficar na altura das nuvens. É comum as nuvens cortarem as estradas. É um visual único. Como são áreas bem rurais, o ideal é se manter nas vias principais, evitando as ruas menores. Depois de apreciar o visual, vá descendo até as margens da lagoa. No caminho, o turista logo percebe zonas de vapor saindo do chão com leve cheiro de enxofre, chamado de fumarolas.

Das fumarolas, a mais famosa está às margens da própria lagoa, a chamada Fumarola de Furnas. É lá que os restaurantes depositam, na noite anterior, em panelas lacradas, legumes, batatas e carnes, em buracos cavalos no solo. Ficam lá cozinhando por até oito horas de forma natural apenas com vapor que chega a mais de 80 graus. Para apreciar a retirada das panelas, o ideal é chegar antes do meio-dia. Essa nessa hora que os alimentos são levados para os restaurantes de Furnas. Para estacionar no local é fácil, pois há estacionamento amplo.

Ao redor da lagoa, há ainda o Parque Mata-Jardim José do Canto, cuja entrada custa 3 euros. Na entrada do parque, que data de meados do século XIX, uma escultura batizada de "Gandalf da Furnas", do artista Emmanuel Courtot, retrata o clima bucólico da área. O cenário conta ainda com os contornos da Capela de Nossa Senhora das Vitórias, em estilo neogótico e fachada sem conservação de forma proposital, enormes sequoias, azinheiras e a principal atração do local: a cachoeira Salto do Rosal. Natureza total. Mas evite ir para lá se estiver chovendo.

Igreja da Lagoa do Fogo: estilo abandonada por fora; luxuosa por dentro:

No interior da igreja

Na cachoeira Salto do Rosal

Na Lagoa das Furnas, é possível desfrutar também de outra fonte de água quente, cujo vapor vem do vulcão da região. Na bela Poça da Dona Beija (na foto abaixo), cuja entrada custa quatro euros, os turistas se apertam nas cinco piscinas, que apresentam temperaturas de até 40 graus. A mais fria, com uma cachoeira natural, tem 28 graus. Ideal para passar uma tarde, o espaço fica aberto até as 23h e está localizado no centro de Furnas. Mais informações no site www.pocadadonabeija.com

Outro passeio imperdível é se banhar no Parque Terra Nostra, um dos parques de águas de fontes termais, que contam com propriedades terapêuticas por ter alta concentração de ferro, minérios e sais minerais. Por conta disso a cor da água é avermelhada. Fica aberto das 10 h às 18h e custa 8 euros. O parque fica nos fundos do Terra Nostra Garden Hotel, um dos principais hotéis de Furnas. Mais informações no site www.parqueterranostra.com

Os cozidos de Furnas (na foto acima) formam o prato mais famoso dos Açores. E agrada até os comensais que preferem uma fritura. Carne de boi, de porco, legumes e batatas são cozinhados juntos por horas em uma panela colocada em um buraco debaixo da terra, que chega a 85 graus de temperatura apenas com o vapor que vem das profundezas do planeta. A combinação cria um tempero natural e único, que nasce da mistura dos próprios alimentos. Como ficam cozinhando por horas, a carne se desfaz na boca.

"Uma panela faz 25 cozidos por dia. Vai uma camada de carne de boi, frango, orelha, barriga de porco, bacon, chorizo, batata doce, cenoura e repolho dentro da panela. Vai tudo a seco. E o vapor da destilação cria a água, que serve de caldo para os alimentos. Tudo é colocado nas panelas por volta das 4 ou 5 da manhã e fica lá cozinhando até o meio-dia a 85 graus. O caldo ajuda também no preparo do arroz. O resultado é uma sabor único e especial", explica o garçom do restaurante Terra Nostra, um dos mais famosos da região.

Mas não se preocupe! Em Furnas, não faltam restaurantes bacanas (com preços variados) para experimentar e se deleitar com o cozido de Furnas.

Quer ver o roteiro completo pela Lagoa Sete Cidades? Clique aqui

Quer ver o roteiro completo Roteiro pela Lagoa do Fogo? Clique aqui

Quer ver o roteiro completo da Ilha de São Miguel? Clique aqui