• Viagem Sem Escalas

Bate-volta de Berlim: campo de concentração Sachsenhausen e Potsdam

Atualizado: Out 9


Em Sachsenhausen

Perto de Berlim, não faltam opções interessantes de bate-volta. Uma das opções é ir até o campo de concentração Sachsenhausen, que funcionou de 1936 a 1945. O local fica a 50 minutos do centro da cidade de Berlim. Para chegar lá, basta ir de metrô/trem - as linhas são conectadas. A linha que vai até o campo de concentração é a S1 - sentido Oranienburg. É preciso saltar na estação final (Oranienburg). De lá basta sair da estação e pegar um ônibus que vai até o campo de concentração. O ponto de ônibus fica do lado esquerdo da estação de trem. É simples e fácil. De ônibus até Sachsenhausen são mais 20 minutos. Quem tem o cartão integrado do sistema de transporte nem precisa de preocupar. Sachsenhausen fica na chamada zona C. Passear pelo campo de concentração é uma experiência única, pois há muita coisa intacta ainda dos tempos da guerra. Na visita é possível ver onde os judeus dormiam e comiam. Lá é possível perceber como os judeus eram alvo de experiências dos nazistas, como nas salas médicas.

No portão da entrada, em ferro, a inscrição em alemão "Arbeit Machtfrei", que significa "o trabalho liberta". É possível notar o sofrimento das paredes com arames fardados. É um momento de reflexão. A entrada é gratuita. Além do campo de concentracão, há um museu com itens do local, como uniformes e arames. Além disso, há um memorial interativo com quem passou por lá.

O campo de concentração também tinha presos políticos e inimigos do regime. Mais informações no site www.stiftung-bg.de/gums/en/

Em Potsdam

Conhecer a linda cidade de Potsdam é uma ótima opção para um bate-volta a partir de Berlim. Para chegar na cidade basta ir de trem e se divertir por lá. Para chegar em Potsdam é preciso pegar a estação de metrô/trem. A linha que vai até lá é a S7, com direção a Potsdam. Do centro de Berlim até a cidade sáo cerca de 40 minutos de viagem. Ao chegar em Potsdam, do lado esquerdo da estação de trem, basta se dirigir ao ponto de ônibus e ver qual linha vai para o Parque Sanssouci, a área mais conhecida da cidade. É lá que está localizado o belo palácio que pertenceu a Frederico O Grande, no final do século XVIII. O palácio, em estilo rococó, era a residência de verão do rei. Em seu interior, muita beleza com os objetos da época. Diferente de palácios da Europa, Sanssouci tem apenas um piso e mais de dez salões enormes. Aprecie quadros, pinturas e belas camas. Para visitar o palácio,é preciso reservar com antecedência e hora marcada. O local é um dos hits de Berlim. Não deixe de tirar uma foto das escadarias com o palácio ao fundo. O parque, aliás, merece uma visita, com o seu belo lago central. Ao lado do palácio, aprecie as colunas para (que até lembram o estilo romano) e os viveiros de plantas feito em arame verde com detalhes amarelos (chamado de Schlosskuche Sanssouci).

Do lado do palácio, aproveite ainda para curtir, ao lado do palácio, o "Moinho Histórico de Sanssouci". Lotado de turistas, o local tem um clima super agradável para uma manhã inesquecível. O parque, com seu palácio, é classificado como Patrimônio Mundial da Unesco. Mais informações no site www.spsg.de

Vem ver nosso roteiro por Mitte, a área central de Berlim. Clique aqui

Vem ver nosso roteiro por por Charlottenburg. Clique aqui

Vem ver nosso roteiro pelos ícones da Guerra em Berlim. Clique aqui

Vem ver nosso roteiro pelos arredores do Portão de Brandemburgo. Clique aqui

Vem ver nosso roteiro pela praça de Potsdamer. Clique aqui

A melhor dica para conhecer Berlim por um preço menor é comprar o Berlin Card, que dá desconto em museus, restaurantes e acesso ilimitado a metrô e trem. Para mais informações, clique aqui. Quer mais dicas de Berlim? Clique aqui