• Viagem Sem Escalas

Roteiro na Ilha da Madeira, das Casas de Santana ao Pico Ruivo

Atualizado: Out 9

No norte da Ilha da Madeira, não faltam opções para o turista. A lista de atrações vai desde as Casas Típicas de Santana até o Achada do Teixeira, ponto de entrada para o Pico Ruivo, o pico mais alto da ilha. Separe um dia para essa aventura. Comece com as famosas Casas de Santana. Passeio incrível.

Veja nosso vídeo especial:

Santana é conhecida pelas suas Casas e por ser a entrada da Laurissilva, uma floresta classificada como Patrimônio Mundial pela Unesco desde 1999. As famosas Casas Típicas de Santana são peculiares. Sua construção tem um formato triangular cujo teto é feito com o caule do trigo.

Para conhecer essa construção vá até o "Núcleo de Casas Típicas de Santana", que fica na área central do bairro e reúne algumas dessas casas. Há um estacionamento gratuito em frente a esse "Núcleo", que é um espaço de preservação que reproduz as habitações. As casas hoje funcionam como lojas turísticas que vendem produtos locais, artesanais e tradicionais. Abre das 10h às 18h.

Depois pegue o carro e vá até o Achada do Teixeira, principal ponto de entrada para encarar a trilha que leva até o Pico Ruivo, o ponto mais alto da ilha com altura de 1.861 metros de altitude. Por isso, que tal ficar acima das nuvens?

Para chegar até o Achada do Teixeira é preciso pegar a Estrada Pico das Pedras (R 218). A estrada é cheia de neblina, o que requer atenção especial. Isso porque você está, literalmente, atravessando as nuvens. Mas o esforço compensa.

Lá no Achada do Teixeira há um enorme estacionamento, o que torna o passeio mais divertido e seguro. Mas não se espante em ver a quantidade de turistas prestes a fazer uma trilha. Com o carro estacionado, comece a caminhada até o Pico Ruivo.

A trilha para chegar até o Pico Ruivo tem uma extensão de 2,8 quilômetros. Não se esqueça que para voltar ao ponto de início no Achada do Teixeira tem outros 2,8 km. Leve casaco, água e comida para fazer o percurso. O tempo lá também pode ser instável, com vento e chuva.

Os miradouros da parte norte da Madeira merecem ser visitados. O Viagem Sem Escalas destaca dois em especial, localizados em São Jorge. O mais belo, sem dúvida, é o Miradouro da Beira da Quinta (na foto acima). Esse local garante uma visão de um dos pontos mais altos do norte, com as imponentes montanhas escarpadas que a cercam. A vista alcança o litoral de Porto Moniz.

Depois siga com o carro mais alguns quilômetros, descendo as estradas entre as montanhas até chegar no Miradouro do Arco de São Jorge (na foto acima). Mas atenção dar por essa parte da ilha merece atenção, já que as estradas, quase desertas, são mais antigas. O miradouro fica bem no centro da cidade e tem um belo jardim. O visual também é especial e similar ao da Beira da Quinta.

Veja nossas dicas para curtir os principais pontos turísticos da Ilha da Madeira. Clique aqui

Veja o que fazer pelo Funchal, a região central da Ilha da Madeira. Clique aqui

Veja um passeio de bate-volta especial pelas Ilhas Desertas, no Arquipélago da Madeira com a VMT Madeira. Clique aqui

Pela Ponta de São Lourenço. Clique aqui

Veja nosso roteiro pela linda cidade de Porto Moniz, na Ilha da Madeira. Clique aqui