• Viagem Sem Escalas

Na casa de Rembrandt em Amsterdam

Atualizado: Out 9

A economia também influenciou as artes, atraindo pintores de renome internacional para Amsterdã. É o caso de Rembrandt: sua casa-ateliê virou um museu que até hoje mantém os objetos pessoais do artista.

Com a economia fortalecida, o cenário artístico ganhou prestígio. Quem fez de Amsterdam sua residência entre 1638 e 1658 foi o pintor Rembrandt. Por isso, a sugestão é incluir a casa do artista no roteiro da viagem. Transformado em museu, o espaço, de cinco andares, é também uma volta ao passado.

A cada 30 minutos ocorrem performances teatrais em alguns pontos, mostrando como o artista pintava seus quadros. É diversão pura para os amantes da arte. Há vários quadros originais do artista em todos os cômodos.

A casa também tem mobiliário e objetos usados na época. Na visita — que percorre a cozinha, os quartos e até o ateliê, onde Rembrandt ensinava suas técnicas a seus alunos — descobrem-se algumas curiosidades: o pintor era um colecionador.

O que fazer sem gastar muito em Amsterdam.

Quer saber? Veja nossas dicas

Veja nosso vídeo especial:

Um dos quartos abriga itens variados, como bustos de filósofos gregos e esculturas de animais, que ajudam a explicar as referências do mestre da arte. O museu tem ainda galeria com peças de Rembrandt e de seus alunos em um prédio anexo. É inspirador. O ingresso custa € 13.

Saiba onde beber cerveja em Amsterdam com a Heineken Experience? Clique aqui

Gosta de queijos? Veja nossa dica na mais tradicional loja de Amsterdam: A Henri Willig. Clique aqui

Gosta de passeio de Barco?

Em Amsterdam, experimente o clássico da Lovers Canal Cruises.

Veja nossa experiência. Clique aqui

Gostou de Amsterdam? Então, clique em nossa página cheia de dicas.