• Viagem Sem Escalas

Na universidade de Stanford

Atualizado: Out 9


Já pensou em visitar uma universidade durante as férias? Pois é. A dica do Viagem Sem Escalas é dar uma escapada na universidade de Stanford, uma das faculdades mais prestigiadas do mundo e bem pertinho de São Francisco - ideal para um bate-volta. Com duração de pouco mais de uma hora, o passeio é gratuito e percorre algumas das partes mais icônicas do complexo, marcado pelo intenso trânsito de bicicletas dos estudantes e edifícios dos mais variados estilos. O campus fica na cidade chamada Palo Alto.

O ponto de partida começa no Centro de Visitas da Universidade. Durante o tour, feito a pé, é possível até se sentir parte de um dos 16 mil estudante, já que a ideia da visita, guiada pelos próprios alunos, é fazer algo bem descontraído. E haja arte pelas ruas da Universidade. No início da visita, é possível contemplar a Torre Hoover de 87 metros que conta com a coleção de livros de Herbert Hoover, ex-presidente dos Estados Unidos (1929-1933). A torre foi inspirada no estilo arquitetônico de Salamanca, na Espanha. Depois é a vez de contemplar o belo jardim entre o Departamento de Psicologia e o Laboratório Virtual de Interação Humana.

É nesse jardim que estão as esculturas originais de bronze do francês Auguste Rodin (abaixo). A obra do artista é um dos exemplares dos "Burgueses de Calais", de 1889 - uma referência a Guerra dos Cem Anos, de 1347, e que faz homenagem aos franceses, que travaram uma disputa com os ingleses pela hegemonia mundial.

As esculturas ficam de frente para a entrada oficial da Universidade, um belo jardim com a letra "S" plantada na grama cuidadosamente trabalhada. A visita ainda percorre as ruas do Departamento de Ciência e Engenharia, um dos mais disputados de toda Stanford. Lá é possível ver as homenagens de alguns dos nomes mais importantes do mundo da tecnologia, como William Hewlett e David Packard, fundadores da HP.

Outro ponto alto da visita é conhecer a Igreja Memorial Church, fundada em 1903 em estilo neoromântico e localizada na quadra central de Stanford. Embora já tenha passado por duas grandes restaurações, após terremotos, o local conseguiu manter as características originais e hoje é muito utilizada entre os estudantes que se conhecem na faculdade e decidem se casar. A Universidade conta com ainda com um museu chamado Cantor Arts Center, com mais de cinco mil itens que contam a história da arte através de cinco mil anos. Porém, o museu não faz parte do tour, assim como as salas de aula. Além disso, Stanford tem estádios esportivos, pistas de atletismo e campos de golfe. Não se espante ao ver grupos fazendo aula de ginástica coletiva e meditação nas gramas da calçada. É diversão pura.

Para mais informações do passeio, clique aqui

Você sabia que em Palo Alto há um super shopping center? Clique aqui

Quer mais dicas do que fazer em São Francisco? Clique aqui