• Viagem Sem Escalas

Na Praça Vermelha

Atualizado: Out 9


Dentro da Praça Vermelha, que conta com amplo espaço aberto, o encantamento é único. Ali dentro, não faltam opções. Do lado direito, está a Catedral de Nossa Senhora de Kazan, um dos principais ícones da igreja ortodoxa. Ao lado, está o shopping GUM, que conta ainda com opções de restaurantes, servindo como uma parada rápida para um lanche. Catedral de Nossa Senhora de Kazan:

O shopping GUM:

No lado esquerdo, está a muralha do Kremlim e duas torres famosas, que funcionam como uma das portas de entrada para a sede do governo russo: a Nikolskaya Bashnya e a Spasskaya, ambas no estilo gótico. Entre elas, um dos programas mais procurados e admirados pelos amantes do regime comunista e turistas curiosos: o Mausoléu de Lênin, onde é possível observar o corpo embalsamado do líder russo, morto em 1924. Mas lá dentro é proibido tirar fotos e até conversar. Mas é preciso chegar bem cedo, pois, apesar de abrir às 10h e fechar às 13h, às 8h as filas já são enormes. O Mausoléu de Lênin:

A torre Nikolskaya Bashnya

Mas a atração principal é a Catedral de São Basílio. Patrimônio da Unesco, a construção impressiona pelos detalhes. As abóbadas (cada uma com formatos geométricos próprios) simulam, dizem, uma chama de fogo. Um ponto alto é sem dúvida conhecer o interior da catedral - aberto das 11h às 17h, cujo ingresso custa 350 rublos.

Mais dicas de Moscou, clique AQUI